Fechar



Painel

Observatórios

Argumentário do Projecto CS&SC

Print E-mail
Written by Tereza Ventura   
Thursday, 04 June 2009 12:09

Perguntar não ofende!

É com alegria e alguma preocupação que dou início a esta área, que se espera venha a ser de diversificados testemunhos reflexivos.

ILUSTRAÇÃO DE ISIDRO FERRER, IN O LIVRO DAS PERGUNTAS (1)O momento não podia ser mais adequado: acabei este ano o Doutoramento que iniciei em 2007. Fizera prova semelhante, numa área completamente diferente, em 1971, quando me apresentei a provas públicas para obtenção do Grau de Especialista em Matemática Aplicada, no LNEC. Defendi então uma proposta de Axiomática para a Mecânica de Meios Contínuos Generalizados - Materiais Polares. Pode imaginar? Um modelo matemático descritor do comportamento de materiais com diferentes polaridades, como os ímanes... Agora, a Tese de Doutoramento centrou-se na proposta de uma Metodologia de Auto-avaliação contínua da Flexibilidade educativa em resposta à diversidade de novos públicos. Que distância! Como é possível passar-se da investigação sobre o comportamento dos materiais com polaridade para a investigação sobre o comportamento das universidades, como organizações aprendentes, face à entrada de novos e muito diferentes grupos de estudantes?...

Da Matemática aplicada aos fenómenos mecânicos, enfim, da Física Matemática, para a abordagem interdisciplinar dos Sistemas sobre o turbulento universo da Educação? Da Matemática, o mais sólido esteio do pensamento científico, para as Ciências da Educação, o ramo porventura mais contestado da família das contestadas Ciências Sociais e Humanas, que tão penosamente vêm consolidando o direito ao uso da denominação de "Ciências"? Da nobre segurança de uma Axiomática para o pantanoso campo das Metodologias de Auto-Avaliação? ...

Ler versão integral em PDF Ler artigo completo clicando aqui e só depois comente!