Versão para impressão

Assumindo a definição canónica de Glossário, enquanto Dicionário em que se dá a explicação de palavras pouco conhecidas ou de sentido obscuro” ( cf. MACHADO, 1991), a presente página apresenta conjuntamente com a definição sucinta de cada vocábulo seleccionado, uma nota assinada pelo membro da equipa que o especifica na relação com os Conteúdos do Observatório.

O método de apropriação do vocábulo por parte do Observador é semelhante ao proporcionado pelo wikidicionário e assume-se no âmbito da política de abertura explícita nesta Ferramenta de Trabalho da Wikipédia. No caso do Observatório, a porta de entrada para propostas de ponderação do vocábulo ou da sua especificação na nota contextualizadora que o acompanha funda-se no princípio da aprendizagem interactiva que encontrará no subdomínio Fórum e nas suas regras de utilização a interface entre a proposta do Observatório e as dos seus Observadores, cabendo o acompanhamento e a ponderação do processo ao autor da Nota que o desencadeou, introduzindo e problematizando o resultado da interacção na Base de Conhecimento integrante do Observatório.



Consulte o glossário usando este índice

Especial | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O
P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | TODAS

Página: (Prévio)   1  2  3  (Próximo)
  TODAS

C

Imagem de Alfreda Cruz
por Alfreda Cruz - Monday, 7 July 2008, 00:23
 

Acto consciencializador de conhecimento mediante as relações que o sujeito observador estabelece entre a percepção intuitiva dos objectos e as inferências e/ou deduções emergentes das observações que se lhes reportam em registo de objectivação.

 
Imagem de Alfreda Cruz
por Alfreda Cruz - Sunday, 15 June 2008, 16:26
 

"Tecido de constituintes heterogéneos inseparavelmente associados.

Coloca o paradoxo do uno e do múltiplo.

Apresenta-se com os traços inquietantes da confusão, do inextrincável, da desordem, da incerteza.

Daí a necessidade para o conhecimento, de ordenar os fenómenos, rejeitar a desordem, desviar o incerto, relacionar os elementos da ordem e da certeza, limitar a ambiguidade, clarificar, distinguir, hierarquizar"( Morin, 1991)

 
Imagem de Alfreda Cruz
por Alfreda Cruz - Sunday, 15 June 2008, 16:27
 

Unidade identitária centrada em valores agregadores fundados em vectores culturais:

ESCALA MACRO-SOCIAL

Grupos heterogéneos inter -relacionados por valores/objectivos comuns e em que a sociabilidade não é directa

ESCALA MESO-SOCIAL

Grupos heterogéneos inter -relacionados por valores/objectivos comuns e em que a sociabilidade é semi- directa.

ESCALA MICRO-SOCIAL

Grupo homogéneo cujos componentes estão inter- relacionados por laços de sociabilidade directa.

 
Imagem de Alfreda Cruz
por Alfreda Cruz - Monday, 7 July 2008, 00:14
 

Modo de compreender um campo objectivável através da ponderação do processo de integração de informações que se lhe referem.

Recorre para isso ao património de hipóteses validadas no campo, em termos tais que o conhecimento corresponda ao universo cultural da época a que se reporta.

Admite duas categorias distintas de formação e de transmissão:

-o conhecimento explícito produzido e desenvolvido através do instrumental científico que opera no campo e das interacções inerentes às praxis da correspondente comunidade científica;

- o conhecimento tácito produzido e desenvolvido no âmbito da socialização primária e secundária das comunidades em que os sujeitos do conhecimento se inserem, o que lhes permite estabelecerem uma relação com o mundo no âmbito do qual o conhecimento se constitua como crença socialmente justificada e verdadeira

A interacção das referidas categorias permite dinâmicas de reversibilidade das correspondentes representações que promovem o progresso cognitivo em geral e, em particular, o daquelas categorias de conhecimento

 
Palavra(s) chave:
Imagem de Tereza Ventura
por Tereza Ventura - Sunday, 28 June 2009, 16:23
 

percepção partilhada e duradoura, criada no seio de um grupo, sobre os atributos essenciais de uma dada organização. Assume também a função primordial de orientar o comportamento individual conformando-o com as exigências organizacionais. MAGALHÃES, R. (2005-2).

 

Página: (Prévio)   1  2  3  (Próximo)
  TODAS